Sorocaba - (15) 3225-3882

Notícias

Fabricantes fazem acordo para reduzir peso do saco de cimento

Fabricantes fazem acordo para reduzir peso do saco de cimento

Texto: Nathalia Lopes

Após quatro anos de negociações, Ministério Público do Trabalho e cimenteiras concordaram com novo padrão, mais ergonômico, de 25 kg. Implantação será feita até 2028

O Ministério Público do Trabalho e 33 empresas produtoras de cimento assinaram, após quatro anos, um acordo para reduzir de 50 kg para 25 kg o peso dos sacos do produto comercializado no Brasil. O intuito é aproximar a indústria das normas internacionais relativas à proteção da saúde do trabalhador.

Os trabalhadores de obras e distribuidoras de materiais de construção são os mais afetados com o excesso de peso dos sacos de cimento. A longo prazo podem estar sujeitas a problemas como dorsalgias, lombalgias, hérnias discais, lesões em articulações do joelho e cotovelo e outras doenças osteomusculares e muscoesqueléticas.

Segundo Ronaldo Fleury, procurador-geral do MPT, nos últimos seis anos o setor da construção gastou R$ 28 bilhões com a Previdência Social, por afastamento de trabalhadores por motivo de acidentes de trabalho.

Os fabricantes têm até dezembro de 2028 para se adequar à nova regra. Após essa data, somente os sacos voltados para exportação que poderão ser mais pesados, caso ainda haja em estoque sacos com o peso acima do novo limite, esses não poderão ser mais comercializados.

Fonte: https://www.aecweb.com.br/cont/n/fabricantes-fazem-acordo-para-reduzir-peso-do-saco-de-cimento_17561?utm_source=sales_force&utm_medium=email&utm_term=&utm_content=&utm_campaign=boletim_aec_noticia_semanal

 

Como fundos imobiliários se comportam em momentos de instabilidade

Como fundos imobiliários se comportam em momentos de instabilidade

Greve dos caminhoneiros, disparada do dólar e inúmeras interrupções no sistema do Tesouro Direto apimentaram o cená

Leia mais

'O conceito de shopping hoje vai bem além de um centro de compras'

Um complexo multiuso, com torre comercial ou residencial, e um espaço que vai muito além de um centro de compras. Segundo o presidente d

Leia mais

Curtas da Construção

Câmara enfrenta o problema dos distratos - A desistência dos compradores de imóveis em construção, conhecida como dis

Leia mais